Resenha - Dias Perfeitos ( Raphael Montes)

Volteeeei amores...

Voltei com tudo pra falar de um livro que olha... um dos melhores do primeiro semestre desse ano.

Téo é um solitário estudante de medicina que divide seu tempo entre cuidar da mãe paraplégica e examinar cadáveres nas aulas de anatomia. Durante uma festa, ele conhece Clarice, uma jovem de espírito livre que sonha tornar-se roteirista de cinema. Ela está escrevendo um road movie sobre três amigas que viajam em busca de novas experiências. Obcecado por Clarice, Téo quer dissecar a rebeldia daquela menina. Começa, então, uma aproximação doentia que o leva a tomar uma atitude extrema. Passando por cenários oníricos, que incluem um chalé em Teresópolis e uma praia deserta em Ilha Grande, o casal estabelece uma rotina insólita, repleta de tortura psicológica e sordidez. O efeito é perturbador. Téo fala com calma, planeja os atos com frieza e justifica suas atitudes com uma lógica impecável. A capacidade do autor de explorar uma psique doentia é impressionante – e o mergulho psicológico não impede que o livro siga um ritmo eletrizante, repleto de surpresas, digno dos melhores thrillers da atualidade. Dias perfeitos é uma história de amor, sequestro e obsessão. Capaz de manter os personagens em tensão permanente e pródigo em diálogos afiados, Raphael Montes reafirma sua vocação para o suspense e se consolida como um grande talento da nova literatura nacional.


Olá meu povo...vocês que já me conhecem, sabem muito bem que eu sou psicopata por thrillers psicológicoss.
E amores do céu que livro maravilhoso, eu nunca podia imaginar que eu fosse me prender e me amarrar tanto nesse livro. 
Assim que terminei esse livro, fiquei sentada na cama sem reação, pensando na vida e no quanto eu fiquei abismada com o final e em como ele conseguiu superar todas as expectativas possíveis e existentes no meu ser. Cada vez que eu pensava que a historia iria tomar um rumo previsível ela ia pra um rumo completamente diferente e eu ficava pensando, como assim ??!

Nosso personagem principal Teo, é um excêntrico estudante de medicina desprovido de sentimentos e amor, não demonstra nem relata afeto por ninguém do seu meio de convívio social, deixa bem claro de que não faz questão de manter nenhum vinculo ou empatia por ninguém.
Mas tudo muda quando ele é mais que obrigado a ir a um churrasco com sua mãe e lá ele conhece a bela e exótica Clarisse, que foge completamente de seus padrões e o encanta de uma forma que faz com que ele tenha certeza que ela é a pessoa perfeita pra ele e ele pra ela...ai que a confusão começa.
Após ser rejeitado por Clarisse, ele entra em um quadro de total negação e obcecado por ela resolve sequestra - la. Em sua mente tudo o que aconteceu e o que ira acontecer ele faz em nome de seu amor incondicional por ela.

Por que gostei tanto desse livro? Por que ele foge completamente do habitual, por que quando eu pensei que seria apenas um livro com final by Hollywood, ele muda completamente e mesmo no fim do fim, até agora ainda possuo duvidas quanto ao real final do livro, quanto ao real significado da ultima frase...mas acho que não ou descobrir tão cedo.
Raphael Montes escreveu um livro impecável, com uma narrativa simples, que flui e você nem sente, posso afirmar com certeza que você ai conseguir ler ele em um dia, por que você vai ficar tão preso com o que vai acontecendo que vai sentir a necessidade de ir até o final e além.

Se você ama um bom thriller psicológico, pode ler que é sucesso.




*Booktrailer**


Espero que gostem tanto quanto eu <3

0 comentários:

Postar um comentário

 
|