Resenha Negativa - Cidades de Papel (John Green)

Já estou avisando de antemão que está é a resenha mais negativa de toda minha vida.

Em Cidades de papel, Quentin Jacobsen nutre uma paixão platônica pela vizinha e colega de escola Margo Roth Spiegelman desde a infância. Naquela época eles brincavam juntos e andavam de bicicleta pelo bairro, mas hoje ela é uma garota linda e popular na escola e ele é só mais um dos nerds de sua turma.
Certa noite, Margo invade a vida de Quentin pela janela de seu quarto, com a cara pintada e vestida de ninja, convocando-o a fazer parte de um engenhoso plano de vingança. E ele, é claro, aceita. Assim que a noite de aventuras acaba e um novo dia se inicia, Q vai para a escola, esperançoso de que tudo mude depois daquela madrugada e ela decida se aproximar dele. No entanto, ela não aparece naquele dia, nem no outro, nem no seguinte.

Quando descobre que o paradeiro dela é agora um mistério, Quentin logo encontra pistas deixadas por ela e começa a segui-las. Impelido em direção a um caminho tortuoso, quanto mais Q se aproxima de Margo, mais se distancia da imagem da garota que ele pensava que conhecia."

Primeiramente tenho que dizer que de todos os livros do John Green que já li este foi minha maior decepção.
Não sei se nutri muitas expectativas em relação a está história, mas o tombo dos likes dela foi imenso.
A proposta do livro é que Quentin sempre foi apaixonado por sua vizinha Margo, desde que eles eram crianças e se mudaram para casas vizinhas. Eles cresceram e Margo se tornou a mais descolada e popular e Quentin os nerds dos nerds, vivendo em mundos completamente diferentes.
Um dia nada mais nada menos nada menos que a Margo entra no quarto dele e leva ele em uma "turnê" pela cidade, se vingando de todas as pessoas que se diziam amigas dela.
Até ai OK
Depois de tudo isso a Margo resolve simplesmente sumir, e o Quentin tem um surto pensando que ela pode estar morta, ou que ela quer que ele a encontre e tudo mais. Ai começa a chatice, ele fica tão obcecado com o desaparecimento dela que isso se torna o eixo de vida dele e ele respira só pra encontrar a bendita da menina.
A parte a qual juguei legal, é quando entre inúmeras pistas eles resolvem viajar até longe crentes que a menina está lá no tal lugar, e eu realmente espero que o filme gire em torno desta viajem par que no minimo eu goste mais do filme.
Os amigos de Quentin são de longe os mais legais de todo livro, também simpatizei com o Quentin mas, na hora que ele pira na Margo minha vontade é que o desaparecido seja ele..
Margo pra mim é a pior de todas, ela é egoista, mimada, metida e tudo mas que se pode pensar daquela criatura e com o desfecho do livro o que eu pensava dela só piora, se em algum momento eu simpatizei com ela, a própria tratou de acabar com tudo de uma vez só sem chance de volta.
Se você gostou de Quem é Você, Alasca? provavelmente você vá simpatizar com este  livro ou odiá-lo, creio que seja uma daquelas histórias 8 ou 80, ou você ama ou você odeia e no meu caso foi uma vontade de DESLER e recuperar meu tempo.

Cidade de Papel | Autor: John Green | Editora; Intrínseca | 249 ppáginas | Classificação 2/5.



11 comentários:

  1. Ahh sou suspeita pra falar. Adoro John Green! Amo tds os livros dele e apesar de Cidades de papel não ser o meu favorito do autor não deixou a desejar. A escrita e a história é envolvente, bo entanto a protagonista Margot não me arrebatou tanto quanto eu esperava. Ainda sim é um bom livro!

    Beijos
    Paulinha
    http://penseira-literaria.blogspot.com.br/?m=1

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paula eu Já li ACEDE e Alasca e gostei bastante, mas não consegui gostar de Cidades de Papel, Margo é muito egoísta e o desfecho me deixou com vontade de bater nela. Ainda tenho o Teorema de Katherine pra concretizar se continuo amando John Green.
      Obrigada por passar por aqui
      beijinhos.

      Excluir
  2. Oi, Edilaine! Como vai?
    Poxa, que pena que você não gostou do livro... Quer dizer, pelo visto você odiou hahhaha "... No meu caso foi uma vontade de DESLER e recuperar meu tempo." O único de John Green que li até agora foi A Culpa é das Estrelas e gostei bastante! Não estou com altas expectativas em relação ao livro Cidades de Papel, e tenho certeza de que será mais legal, mesmo que eu ainda não tenha lido. Espero ler em breve, aliás, apesar de 90% das pessoas ~ou mais~ terem odiado. E espero gostar, apesar de tudo, ver algo que ninguém viu e gostar ou, sei lá, só tentar entender. Se bem que algumas coisas não são entendíveis. E pelo visto você não gosta mesmo de John Green, então não me surpreende não ter gostado do que julgam ser o pior dele.
    Beijinhos,
    Karol.
    www.heykarol.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Karol...realmente eu odiei este, mas eu gosto do John Green sim, Já li ACEDE e Alasca e amei os dois, mas este foi realmente um balde de água decepcionante. Leia sim, logo logo tem o filme também e tenho fé que ele será melhor que o livro, ainda falta ler Teorema de Katherine pra ver se continuo amando a escrita dele.
      Obrigada por passar por aqui.
      Beijinhos.

      Excluir
  3. oooin, descobri teu blog agr, amei, vou visitar smp <3
    Sério que você não gostou desse livro? poxa, eu amei, na vdd, gosto da maioria dos livro do João Verde, massss odeio o "O Teorema Katherine" esse livro é muito zzzzzzzzzz, já leu?

    bjsss

    http://chadesaudade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi! AAAAh não gostei kkkk, já li Alaska e ACEDE e amei, mas esse comigo não funcionou em nada shuahuhuahusha, vou ler Teorema pra concretizar minha opinião, John Green é 8 ou 80 ou você ama muito o livro ou odeia hasuhsuus.
      Obrigada por passar por aqui.
      Beijos

      Excluir
  4. Oi Edilaine, entrei no seu blog por agora, li sua resenha.
    Todos que já leram o livro sempre diziam a mesma coisa, "o final é horrível".
    Eu ainda estou lendo o livro, parece ser tão magnificamente legal! Como ele
    pode ser ruim no fim? Ah estou louca para saber como termina, ainda mais depois
    de ler esta ótima resenha!
    Lindo blog!
    Ester
    Caminhodoslivros0.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ester!
      Eu estava com uma excelente expectativa no andar do livro, ele em um todo tinha uma premissa muito boa, mas o final me deixou muito desgostosa.
      Espero que goste do livro, é muito ruim quando esrperamos demais e nos decepcionamos.
      Obrigada por passar por aqui.
      Beijos e Boa Leitura!

      Excluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Nunca consegui gostar de nenhum dos livros do John Green, talvez por ter lido "A Culpa é das Estrelas" e não ter achado bom como todo mundo achou, porém, há uns dias, ganhei este "Cidades de Papel" de um amigo, tentei ler as primeiras páginas e não me prendeu. Achei que fosse implicância e vim procurar resenhas e encontrei a sua, o que só apoiou mais ainda minha decisão de abandoná-lo.
    Quem sabe daqui uns meses eu retome a leitura novamente! haha
    Beijos!
    Adorei seu blog.
    http://encontrosliterarioslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, quem sabe em um futuro distante você consiga dar uma chance, na minha opinião o pior livro dele, me decepcionou imensamente, sorte sua que você ganhou, por que eu comprei e me lasquei, mas, toda a experiencia é valida né (Otimismo kkk).
      Obrigada por passar por aqui.
      Beijinhos.

      Excluir

 
|