Amar O Que Não Se Deve Amar

O que você sente quando sabe que ama alguém que nunca mereceu o seu amor?

Não sei o que sinto mais, se ódio ou se amor.
Ou se é ódio do meu amor, por ainda ser amor e não ódio. É como tentar engarrafar um pesadelo numa linda embalagem de flor.
E vê-lo voar lindamente pelo céu, sem me lembrar que na hora em que retornar, vai explodir tudo o que restar. 
É como amar o que é arma, o que é dor e o que é breu. 
É como olhar nos olhos de um leão sanguinário e querer que seja seu. 
E querer embrulhá-lo num cobertor pra dormir.
É cruel. É tão cruel que deveria ser crime, mas quis o destino que fosse doença. 
E quis a doença que fosse destino.
Todo o sorriso que vejo não apaga o seu.
toda piada de que rio, domina menos que seu mal humos. E eu ainda assim sinto ódio.
Do seu português mal escrito, da sua mania de se achar maior do que é ( e quase tudo é maior do que você), do seu mal humos insuportável, sua grosseria porca, sua simpatia fajuta, sua ignorância idiota, sua falta de conhecimento de tudo, inclusive de conhecimentos gerais.  



Mas ainda assim, seu grandíssimo filho de uma puta, nenhum sorriso é melhor que o seu.

E nenhum perfume, e nenhum cabelo e nenhuma dança.
Eu vou morrer tentando entender como é  que pode uma coisa dessas:amar algo que não se deve amar.
Querer alguém que só lhe faz sofrer.
Posso nunca mais na minha vida tirar você da minha cabeça, mas você nunca vai saber.
Vai morrer achando que te esqueci, quando na verdade, pensei em você durante todos os dias da minha vida desde que te conheci

Texto: Thaís Santesi
Imagens: Retiradas da internet.

2 comentários:

  1. vc descreveu minha vida. Bjs e continue com essa sensibilidade

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muitas de nós passamos por isso e não conseguimos expressar, somos seres sensíveis e entendemos umas as outras. Beijos

      Excluir

 
|